5 dicas para prevenir o câncer da pele

A chegada da estação mais quente do ano mobiliza anualmente, desde 2014, uma campanha de prevenção ao câncer da pele. Liderada pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), a campanha Dezembro Laranja visa estimular também o diagnóstico precoce da neoplasia mais comum no Brasil e no mundo. Anualmente, são previstos pelo menos 170 mil casos no país.

Entre as recomendações estão:


  • Vestir bonés e chapéus;

  • Utilizar sombrinhas e guarda-sóis;

  • Usar óculos com proteção de raios ultravioletas;

  • Passar protetor solar a partir do fator 30;

  • Evitar se expor ao sol entre o período das 10 às 16 horas.


“O Câncer de pele é o mais frequente e corresponde a 30% de todos os tumores malignos. O principal fator de risco é a exposição ao sol, devido a radiação ultravioleta que incide na pele e pode promover uma alteração no DNA da célula, gerando um câncer”, explica o dermatologista do CIES Global Rodrigo Motta.

O médico também orienta sobre a atenção aos sinais na pele. “Lesões com mudança de cor, tamanho, textura, que se torna irregular; uma mancha ou ferida que não cicatriza, que cresce rapidamente, que apresenta coceira, erosões, crostas ou sangramento; ou ainda, lesão elevada e brilhante, translúcida, avermelhada, de cores variadas e com uma crosta central sangrante são sempre sinais de alerta. Nesses casos o paciente deve procurar um dermatologista com o máximo de antecedência possível para que se falam os devidos exames a fim de evitar a evolução da lesão para um câncer”.

Atendimento de Dermatologia no CIES Global vai além do Dezembro Laranja


O CIES Global oferece atendimento em uma Carreta de Dermatologia pelo programa com carretas da Doutor Saúde, parceria com a Prefeitura de São Paulo que oferece atendimento médico especializado em Carretas da Saúde itinerantes na capital paulista. Em operação desde setembro de 2017, a unidade móvel já atendeu 10.684 pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) encaminhados pelas Unidades Básicas de Saúde (UBS).

No Hospital Compacto Santo Amaro, do CIES Global, e no Hospital Dia que operamos em São Miguel Paulista, já ocorreram captações de imagens destinadas à equipe de atendimento de teledermatologia do Hospital Albert Einstein. A parceria permitiu a análise remota de mais de 22.300 imagens de lesões, manchas e pintas na pele dos pacientes, por cerca de um ano.

Em dermatologia, as realizamos ainda cirurgias de remoção de tumor de pele e anexos, cisto sebáceo, lipoma, cauterização química de lesões cutâneas, eletrocoagulação de lesão cutânea e excisão de lesão. Ao todo, já foram mais de 7 mil procedimentos, beneficiando 3.172 pacientes. Das 529 biópsias realizadas, 84 apresentaram células alteradas, ou seja, risco de câncer. Com o resultado é possível encaminhar o paciente para tratamento adequado em hospital referenciado na rede SUS.

Rodrigo Motta ressalta como o CIES contribui para a prevenção e diagnóstico precoce do câncer da pele. “Realizamos consultas dermatológicas, examinamos o paciente e, na suspeita de uma lesão de câncer de pele, fazemos todos os exames necessários como a dermatoscopia, a biópsia e a cirurgia para o tratamento da grande maioria dos casos. Dessa forma, conseguimos acompanhar o paciente desde o início até o fim do tratamento, além de passarmos as orientações necessárias para a prevenção”.

 

Equipe CIES Global