Pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) das regiões periféricas de São Paulo contarão com uma nova unidade móvel para atendimento médico especializado. A Carreta da Ortopedia, lançada em 9 de março, tem capacidade para atender até 1700 pessoas por mês e realizar mil exames de ressonância magnética e ultrassonografia de articulação.

Com 109m², a Carreta da Ortopedia ajudará no combate a Lesões por Esforços Repetitivos (LER) e Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (DORT) nas comunidades por onde passar. “Os dois problemas acometem cerca de 3,5 milhões de pessoas no município de São Paulo a cada ano e são responsáveis pelo afastamento de 100 mil trabalhadores de seus postos de trabalho. As mulheres são as principais atingidas”, informou o secretário Municipal da Saúde, Wilson Pollara, durante a coletiva de imprensa de lançamento da unidade móvel, na prefeitura da capital.

Segundo Pollara, há 87 mil pacientes aguardando pelo atendimento médico especializado de ortopedia, na cidade de São Paulo. A nova carreta contribuirá para agilizar o atendimento a essa demanda. Ela faz parte do programa municipal Doutor Saúde, que oferece atendimento médico especializado em unidades móveis as quais permanecem de dois a três meses em cada local. Para ser atendido, o paciente é encaminhado pela Central de Regulação de Vagas do SUS, após consulta na Unidade Básica de Saúde.

O presidente do CIES Global, Roberto Kikawa, avaliou o impacto social que a Carreta da Ortopedia trará à população de São Paulo. “Com um ano de atividade do programa Doutor Saúde, já foram mais de 34 mil pacientes atendidos em nossas carretas. A ortopedia, especialidade com grande demanda e difícil acesso das populações carentes, será mais uma unidade disponível no programa e ampliará ainda mais o acesso a um atendimento integral de saúde, nas unidades do CIES Global”, explicou.

O executivo também aproveitou o momento para agradecer às instituições que tornaram possível o lançamento da nova unidade. “Agradeço à Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo, Prodesp, que cedeu a carreta. À Secretaria Municipal de Saúde, por continuar acreditando no CIES como parceiro para atender as demandas. E claro, ao Sesi, pelo patrocínio ao programa que operamos em conjunto com a Prefeitura de São Paulo”, concluiu.

O trabalho preventivo de saúde foi destacado pelo presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Andrade. “Acreditamos que essa unidade contribuirá também para a economia da cidade de São Paulo, e consequentemente para o Estado e País. Ela visa a prevenção de doenças que tiram o trabalhador dos seus postos de trabalho e diminuem a qualidade de vida dessas pessoas”, comentou.

Doutor Saúde

O programa Doutor Saúde é operado pela organização sem fins lucrativos CIES Global, em parceria com a Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo. Nele, são utilizadas Carretas da Saúde equipadas para atender pacientes do SUS em diversas especialidades médicas. Além das consultas, exames e encaminhamentos para cirurgias, o usuário recebe atenção especial para a prevenção de doenças. O Programa Médico Preventivo, desenvolvido pelo CIES Global com o objetivo de incentivar o cuidado contra doenças que poderão acometer o paciente, está instalado em todas as unidades móveis.

 

Parcerias

O Governo do Estado de São Paulo, por meio da Prodesp, cedeu sem qualquer custo a carreta para o CIES Global. E o Serviço Social da Indústria (Sesi) contribuiu para o lançamento da nova unidade por meio de um patrocínio de R$ 1,5 milhão.