Na última semana de agosto, o gerente executivo do CIES Global, Ricardo Lauricella, esteve na Escola de Administração da Fundação Getúlio Vargas (FGV), em São Paulo, para uma aula sobre modelos de Negócios Sociais e os Impactos nas Populações de Alta Vulnerabilidade. Essa foi a segunda vez neste ano que o representante do CIES compartilhou o conhecimento com os estudantes da instituição de ensino.

O convite veio do professor Edgard Barkin, um profissional que tem levado aos seus alunos de Administração Pública o conhecimento sobre os diferentes modelos de atuação entre os diversos setores. “No CIES, conseguimos desafiar a fala de que organizações sem fins lucrativos e a tabela SUS não são sustentáveis e, é nosso papel contar essa história para que outras pessoas possam se inspirar na busca de uma teoria de mudança”, diz Ricardo.

O gerente, que atua no CIES há mais de oito anos, apresentou aos estudantes as origens do CIES. Contou a história pessoal do Dr. Roberto Kikawa, fundador da organização, cumprindo o desejo do pai que, vítima de um câncer, pediu para que o filho se tornasse um médico mais humano e que fizesse a diferença na vida das pessoas que mais precisavam. Ricardo também abordou o modelo de negócio em consonância com os pilares do Sistema Único de Saúde (SUS) para universalidade, integralidade e equidade, aliados à sustentabilidade de um negócio de impacto.

Leia também:

Especialista em desenvolvimento de líderes realiza workshop no CIES Global

Equipe CIES Global