CIES Global inicia atendimento de coloproctologia no Programa Doutor Saúde
O CIES Global passou a atender em mais uma especialidade pelo programa  Doutor Saúde, na cidade de São Paulo. A carreta de coloproctologia está recebendo pacientes em São Mateus, na Zona Leste do município, desde o dia 19 de junho.

A nova unidade, que atende aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) se junta às de Tomografia, em Santo Amaro e Vascular, em Capela do Socorro, ambas na Zona Sul; Oftalmologia, em Perus, Zona Norte; Saúde do Homem, em Itaquera, Zona Leste. Até o final de 2017 serão dez unidades atendendo em sistema de rodízio pelos bairros de São Paulo.

O Dr Roberto Kikawa, fundador do CIES, participou da coletiva de imprensa de entrega da nova carreta ao lado do prefeito João Doria e do secretário de Saúde Wilson Pollara. “Eu acredito na prevenção. É muito importante não só possuirmos dados sobre esse tipo de câncer, mas trazê-los para a discussão para que possamos agir de forma proativa e não apenas numa prevenção reativa.”, destacou Roberto Kikawa.

O prefeito Doria também aproveitou o evento para agradecer à MAN Latin America pela cessão de dois caminhões para o Programa Doutor Saúde. A empresa emprestou para o CIES, sem custo, um caminhão Volkswagen Constellation Titan 19.330, para o transporte das carretas da saúde do programa Doutor Saúde. O segundo veículo a ser entregue nos próximos dias, também será utilizado para a movimentação das unidades móveis do programa adaptadas em carretas.

A população de todas as regiões da cidade de São Paulo será beneficiada com o programa. Para agendar atendimento nas unidades, os pacientes do SUS deverão procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro que está recebendo a unidade móvel. As consultas nas carretas e vans são realizadas de segunda a sábado, das 8 às 17 horas.

O programa Doutor Saúde tem por objetivo prevenir problemas de saúde com acompanhamento, monitoramento e diagnóstico precoce. Atualmente, o programa oferece atendimento em Coloproctologia, Tomografia, Oftalmologia, Vascular e Saúde do Homem. Até o final de 2017, haverá unidades com atendimento também em Saúde Escolar, Gastroenterologia, Odontologia, Saúde da Mulher e Dermatologia.

“A ação preventiva custa cinco vezes menos que a ação curativa. O orçamento com melhor gestão é destinado à prevenção e a economia é investida em mais medicamentos, mais médicos e mais equipamentos nos hospitais públicos”, afirmou o prefeito da cidade de São Paulo, João Doria.

Equipe CIES